terça-feira, 23 de outubro de 2018

Bye Week! Semana de folga ... em boa hora!

Primeira vez do time em Londres, todo mundo gostou, exceto pelo resultado: 20 x 19 para os Chargers.

O time que começou bem, não está tão bem assim no segundo quarto da temporada, mas quem viu os jogos contra Bills e Ravens encontra nessa derrota motivos para acreditar que, sim, o time pode chegar aos playoffs, mas tem que melhorar ... e rápido.

Acabo de ver o jogo na íntegra pela primeira vez, dois dias depois do mesmo, vou colocar minhas impressões aqui, fique à vontade para discordar!

1º - A entrada de Corey Levin substituiu Quinton Spain como left guard e, na minha opinião, não coincidentemente o backfield voltou a produzir. Evidentemente, ele não é a única causa, mas o esquema de bloquei para corridas é feito pra ele e não para o Spain.


Essa corrida que, nos assustou no momento, e achamos uma cagada sem tamanho, foi na verdade uma corrida bem bloqueada, como há muito não via no Titans, o pull do Levin (#62), o bom bloqueio do Smith (#81 - finalmente) e o excelente combo block de Conklin (#78) e Kline (#64) abrem o meio do campo para Lewis ganhar 10 jardas, como o cara tem habilidade, ele ganha 36 jardas! Eu gostaria de outras corridas com Inside zone em detrimento a essa outside zone que não entra nunca!

2º - A produção do backfield foi a melhor da temporada: 164 jardas terrestres, 1 TD e mais 96 jardas de passe, essa é a produção que esperávamos do trio (Henry, Lewis e Mariota) a temporada inteira, e só chegou agora.

3º - Os TEs bloquearam melhor (#81 continua horrível).

4º - Sharpe em terceiras descidas ... ele está parecendo mais com sua versão da primeira temporada, devemos dar um desconto para esse garoto, ele foi pego na quinta rodada de 2016, produziu bem no ano de calouro, perdeu a temporada de 2017 por lesão, e agora, parece estar voltando à forma. Claro que ele não vai resolver os problemas de recebedores do Titans, mas qualquer ajuda que venha desse grupo, já ajuda!

5º - A defesa continua jogando relativamente bem, embora existam chamadas questionáveis demais!

Mas, então, o que deu de errado no jogo? Na minha opinião:
1º - Blue Coverage ou 2 Read - Esse tipo de cobertura é bacana, você coloca o QB em cheque, e consegue marcar dois recebedores com um misto de cobertura homem x homem e zona. Isso te dá chance de ter mais gente no box, então, é comum chamar esse tipo de cobertura em primeira e longa, pq vc marca 4 recebedores com 4 dbs e tem 7 caras jogando contra a corrida. O problema é que em algum momento, por regras, você tem que decidir quem é de quem. Os dois TDs que tomamos foi nesse tipo de cobertura: o primeiro é erro do Logan Ryan (#26), que tem jogado bem, ele deveria considerar a rota do #13 longa (quebra acima da linha de 7 Jardas - normalmente é o que se ensina) e ficar no WR dele, ele hesita e tomamos o TD. Segunda jogada, mesmo erro, agora a decisão errada é do Adoree Jackson (#25) a rota do TE (que era o jogador a ser lido) é acima de 9 Jardas, então, ele deveria ficar com o WR da extremidade! Não é uma cobertura fácil de se fazer, existe uma área cinza em que o QB pode colocar os DBs em cheque, e Rivers explorou isso muito bem.

2º - Vaccaro precisa voltar logo ... esse #28 é muito ruim. Ninguém joga com segurança ao lado dele.

3º - A interceptação de Mariota na Red Zone: a leitura do Mariota foi perfeita, #81 estava livre, o passe foi ok, mas o #54 deles não comprou o deslocamento no backfield, ficou parado, e defletiu o passe, que caiu no colo do defensor (a bola nunca cai no nosso colo) ... foi uma grande jogada dos caras.

4º - Drops, houveram ao menos dois drops que mataram duas campanhas promissoras, isso tem que acabar, não podemos dropar bolas e esperar vencer jogos.

5º - Mariota não achou o Lewis na primeira conversão de dois pontos no fim da partida.

Todas essas coisas são corrigíveis, o playcalling foi bem melhor que o dos últimos jogos, embora o playcalling defensivo ainda me deixa nervoso por conta de não arriscar quando precisa, houveram chamadas em terceiras decidas no campo dos caras em que mandamos 3 caras atrás do Rivers ... Pow, tem que mandar 12 caras atrás de QB bom! Isso tem me irritado um pouco.

Quanto a decisão de ir para os dois pontos e não para a prorrogação, eu não tomaria essa, mas entendo perfeitamente o raciocínio. Vrabel tem sido agressivo a temporada inteira, e tem dado resultado, todos nós gostamos da agressividade, tem dias que não vai funcionar ... prefiro perder assim, do que voltar a ter medo de vencer as partidas ... se for prá cair, melhor cair atirando. Mas, ele explica que naquele momento estava sem alguns titulares (dois guards) e que isso influenciou a tomada de decisão.

Estamos 3-4, brigando na AFC South. E agora? É descansar, arrumar esse jogo corrido, curar os contundidos, arrumar o que está errado e voltar a ganhar!

Go Titans!

Nenhum comentário: