sábado, 13 de agosto de 2016

O que observar no primeiro jogo do Titans na pré-temporada


O esperado retorno do Titans ao gramado do Nissan Stadium acontece neste sábado, 13, a partir das 21h (horário de Brasília). O adversário da equipe na estreia da pré-temporada é o San Diego Charges, nosso verdadeiro carrasco nos últimos anos e futuro oponente na week 9 da temporada regular. A partida será uma “pelada”, mas há algumas coisas interessantes para observamos.

Do lado inimigo, vai ser curioso ver o retorno de Ken Whisenhunt a Tennessee. Novo-velho coordenador de ataque do time californiano, ele deixou o comando do Titans após registrar um péssimo recorde de 3-20. No palco desta partida, ele teve apenas uma vitória em 12 partidas. Pífio! Em entrevistas aos jornais de Nashville, Whiz disse que vai ser difícil rever os seus ex-comandados. Isso não é mistério para ninguém, afinal, ele foi o cara que bancou a escolha do Mariota no draft. Não deve ser nada legal ver a sua aposta dando muito certo e você em um cargo inferior. Os torcedores do Charges vão ver esse duelo com o coração apertado. Quando o elenco entrar em campo, Joey Bosa, terceira escolha do draft de 2016, vai estar em casa jogando Madden NFL. Essa situação desagradável não acontecia há um bom tempo e nunca é bom.

E do nosso lado, a expectativa é por uma boa atuação dos calouros Derrick Henry, Tajae Sharpe e Jack Conklin. O primeiro deve ter várias carregadas, uma vez que o HC Mike Mularkey afirmou que não pretende deixar o RB titular DeMarco Murray passar muito tempo em campo. O mesmo deve acontecer com o veterano Andre Johnson. Já Sharpe vai ter a oportunidade de mostrar que a sua titularidade é merecida. Em conversa com o blogger Paul Kuhasky, da ESPN, ele disse que dropou apenas um passe no training camp. Para termos uma ideia dessa ótima estatística, Delanie Walker chegou a deixar três bolas caírem em dois dias. Outro destaque dos treinos, Conklin vai começar a partida como RT titular, ao lado de Warmack (RG), Bem Jones (C), Quinton Spain (LG) e Taylor Lewan (LT). O quinteto para a estreia na temporada regular deve ser esse, não porque Spain vem jogando muito, mas por causa do desempenho fraco dos outros guards. Segundo os setoristas do Titans, até o momento, a comissão técnica não ficou impressionada com o que os reservas mostraram.
Minha expectativa para a defesa não é muito grande. Nessa época do ano, os ataques não mostram nada do que vão usar na temporada. Os rookies estão jogando bem e tem tudo para ajudar o time ao longo de 2016, porém não se entusiasme com o que aprontarem diante do Charges.

TITANUP!