terça-feira, 3 de novembro de 2015

Os erros capitais de Whisenhunt

Ainda sobre o Whiz, listo os motivos que fizeram com que ele não ajudasse um ataque jovem e mediano a não produzir como deveria:

Incapacidade de adaptar o esquema

Whiz se mostrou inflexível com o seu esquema desde que chegou. No ano passado, essa mentalidade limitou a participação do melhor jogador do time, Kendall Wright. Já na atual temporada, ele deixou de lado a mobilidade do Mariota, algo que ninguém imaginava que aconteceria. Sem falar que ele poucas vezes tentou usar mais de cinco bloqueadores na linha ofensiva, mesmo quando a mesma se mostrava incapaz de proteger o QB por poucos segundos.

Falta de ritmo aos RBs

Por ronde passou, Whiz encontrou problemas para correr com a bola, mas em Tennessee essa falha foi mais grave. O time não conta com nenhum grande RB, longe disso, mas a falta de ritmo mata qualquer ataque terrestre. Quando Andrews parecia se mostrar capaz de correr com a bola, ele tinha que ceder lugar ao McCluster. 

Contra o Falcons corremos bem durante todo o jogo, mas isso não fez com que o jogo corrido tivesse prioridade. Mettenberger lançou a bola mais do que devia. O resultado todos já sabem. 

Insistência com jogadores ruins

Em seu última partida no Titans, Whiz viu Bishop Saneky mostrar mais uma vez que não deveria retornar os kickoffs da equipe. Após o jogo contra o Bills, quando ele deixou a bola escapar várias vezes, a decisão mais correta seria usar o Dexter McCluster, mas ele insistiu com o erro.
Com Poutasi foi a mesma coisa. Mularkey já disse que vai fazer alterações na OL, e garanto: Poutasi difilmente começará um jogo como RT este ano

Gafes na função de head coach


Quando chegou ao Titans, Whiz recebeu elógios por ser um HC que chama as jogadas ofensivas, mas parece que acumular essa função fez com que ele se esquecesse de outras. Além de desafios bizarros, em várias ocasiões ele fez uso dos tempos quando não devia. Nesse domingo vi algo inacreditável. A 3 segundos do 2 minute warning do primeiro tempo, antes de um punt do Texans, ele pediu tempo. Sim, isso mesmo. Ele queimou um timeout antes de duas pausas obrigatórias. 

2 comentários:

REI disse...

O Webster deveria ter ido junto!!!!

Nossa unica meta neste ano: Preservar a saúde de Mariota para que ele se desenvolva.

Welmer Sales disse...

Eu acreditava que o Whiz poderia fazer um bom trabalho com o time essa temporada e aquela primeira rodada contra TB me deu ainda mais esperanças. Mas a verdade é que ele se mostrou incapaz de adaptar o esquema ofensivo e moldar o ataque de acordo com as habilidades do Mariota. O time pode não ser repleto de super talentos, mas tem bons jogadores que acredito que juntos poderiam fazer o time render bem, mas o Whiz não teve a competência de montar um bom esquema ofensivo que aproveitasse a qualidade dos jogadores.

Espero que essa mudança cause um impacto imediato no time e que possamos ver um novo Titans em campo nesse domingo. Go Titans!