quarta-feira, 14 de outubro de 2015

Titans 13 x 14 Bills - Não é falta de vontade

Acho que errei na avaliação do Titans no jogo contra o Colts, dizendo que era falta de vontade, vendo o time deixar escapar a vitória novamente no fim do terceiro quarto me fez pensar que talvez esse time precise aprender a fechar jogos, afinal de contas, é um time inexperiente, entretanto, quando observamos a experiência da defesa e do ataque, não vejo um time tão novo assim. Existem atletas nesse time, principalmente na Defesa, com alguns anos de NFL nas costas, que precisam tomar conta dos garotos e conduzí-los para vitórias em jogos apertados.
Em linhas gerais a defesa jogou bem. Colocou o ataque dos Bills em cheque e por dois quartos e meio eles não fizeram nada, entretanto, quando Troyd Taylor, colocou a bola debaixo do braço e correu, não fomos capazes de pará-lo, o garoto correu para mais de 70 jardas, fez um TD correndo, e dois lançamentos que acabaram com o jogo. A pior jogada da defesa foi, novamente, uma big play, em uma terceira para 23 na linha de 7 do campo de defesa, deixamos o QB correr para 24 jardas, Zach Brown (OLB) ainda me fez o favor de cometer uma falta pessoal (15 jardas para os caras). No fim a defesa manteve o ataque dos Bills em 209 jardas e ainda entregou a bola ao ataque faltando 1:50. Penso que a pane da defesa durou aproximadamente um quarto, e não foi por causa desta pane que perdemos o jogo. Impressionante a partida de Jurrell Casey, o nego jogou muito, na minha opinião deixar Brown no banco foi acertado também.
Acho que nosso ataque foi a causa de perdermos esse jogo. Mariota, jogou razoavelmente bem, entretanto, acho que falta talento no corpo de recebedores e os nossos corredores ainda não estão no ponto onde deveriam, é claro que a DL adversária é monstra, mas foi bem contida (Poutasi tomou dois bailes do Super Mario Williams, e só) na maior parte do tempo. O fato é que você não pode ficar 20 minutos com a bola na mão e marcar apenas 3 pontos, 3 pontos? Não se ganha na NFL marcando 3 pontos!!!
Os técnicos deveriam dar ênfase em reduzir a quantidade de faltas, isso mata o time, mata as campanhas.
Fato é que perdemos mais uma e o time que deveria estar facilmente 3-1, está agora, 1-3 e, contando. Claro que esse time é melhor que o de 2015, entretanto, na NFL, você é quem a campanha diz que você é, e nesse momento somos o mesmo time de 2014, ou seja, temos um longo caminho pela frente, temporada será longa novamente!
Go Titans!

2 comentários:

REI disse...

Não é falta de vontade mesmo. É falta de coaching. Nosso técnico não serve pra NFL. Tivemos dentro da linha de 40 jardas duas vezes no jogo numa quarta descida ( duas vezes era uma quarta para duas jardas) e o digníssimo Whiz manda chutar a bola? Mandou o seguinte sinal para o ataque: "Hey!! Eu não confio em vcs!!!" Se vc quer ganhar um jogo, tem que pisar no pescoço do adversário. O primeiro tempo foi dominado totalmente pelos Titãs e saimos com uma vantagem de 3x0. É brincadeira!!!
Whiz pode ser um bom coordenador ofensivo, mas não serve para Head Coach!!!

Deveríamos ter ganho os ultimos dois jogos!!!!

Welmer disse...

Não pude ver a partida, estava longe de qualquer coisa com internet ou tevê a cabo. Estava achando que iríamos conseguir a vitória nesse jogo, quando consegui algum sinal de internet a única coisa que queria ver era o resultado da partida e quando vi o resultado do jogo, mesmo sem olhar estatísticas, a única coisa que me veio em mente foi: time que chuta FG leva TD. O time ficou em vantagem em grande parte do jogo e, mais uma vez, não conseguiu sacramentar a vitória, algo tem ser feito. A defesa pode ter jogado bem, mas é inadmissível que cedam big plays em terceiras descidas, isso tem sido recorrente e tem que ser corrigido. Nossa campanha poderia, nesse momento, muito bem ser 3-1 ou, até mesmo, 4-0 e estar em boas condições liderando a AFC Sul, mas...