terça-feira, 15 de setembro de 2015

Jogada da Semana - 1 de 2015

Iniciamos esta série em 2014 tentando trazer uma visão mais detalhada de uma jogada por semana, retornemos à mesma.

A jogada de hoje é o passe para Touchdown (TD) de 52 jardas, de Marcus Mariota para Kendall Wright. Era uma primeira para 10 na linha de 48 jardas da defesa. A figura 1 apresenta a formação dos atletas em campo:


O Titans coloca em campo o pessoal 21 (dois RBs e um TE). Mariota está no Shotgun (5 a 7 jardas atrás da linha de scrimmage) com a formação split backs (RBs posicionados em cada um dos seus lados), Kendal Wright está no slot (entre a OL e a extremidade do campo) e Antony Fasano (TE) está alinhado na extrema direita da linha. Tampa Bay está com sua defesa base 4 DLs, 3 LBs e Cover two man (dois safeties no fundo do campo e os recebedores nas extremidades marcados homem x homem).

A chave dessa jogada é o alinhamento Wright no slot que está sendo marcado em zona por um LB (em rotas curtas) e, provavelmente, e um Safety (S) em rotas médias ou longas. Este é um confronto favorável ao WR que é mais ágil e mais rápido que o LB, ele pode encontrar uma janela de lançamento antes que a marcação do S se aproxime.

A figura 2 apresenta o pós snap. A esquerda do ataque, o Center e os RBs trabalham como a se jogada fosse corrida para a direita. Acho que Mariota tinha a opção de entregar a bola ao McCluster para o jogo corrido, mas sinceramente, ele nem deve ter considerado a hipótese. O lado direito do ataque trabalha como se a jogada fosse um passe. Mariota reconhece a vantagem de Wright sobre o LB, bem como a enorme distância do S para a zona média e fixa sua leitura no LB.


A Figura 3 apresenta Mariota (que não tira o olho do LB marcando Wright) fingindo entregar a bola ao McCluster, Sankey funciona como um FB, enquanto Henri Douglas batalha contra o seu CB, ou seja, o lado direito está vendendo a corrida e deixando o fundo do campo na esquerda do nosso ataque livre. Enquanto Wright vai para o buraco que ele identificou no pré snap.


A figura 4 mostra a defesa empenhada em parar a corrida no lado esquerdo do nosso ataque enquanto Wrigth bate seu marcador. Detalhe: os Safeties estão muito longe da jogada (em uma primeira prá 10, contra um calouro, normalmente, lota-se o box, manda 5 ou 6 parar o jogo corrido no backfield do adversário e vive-se feliz).


Mariota faz o passe, a janela é pequena, mas dá a chance de Wright fazer a recepção (figura 6) livre de marcação e bater os Safeties na corrida para a endzone.


Abaixo o gif animado da jogada.


Essa é uma excelente jogada do ponto de vista técnico por conta do Matching up. A inversão de Wright e Fasano, um LB marcando um WR tão ágil é problema para defesa, da mesma forma que um CB marcando um TE é outro problema. A beleza deste alinhamento é que se o LB fosse deslocado para cobrir Fasano (na extremidade direita), pela estrutura defensiva de Tampa, seriam 6 defensores contra a corrida. O ataque, no momento, contava com a OL, os RBs e o QB (8 atletas) para correr a bola. Dificilmente essa jogada daria errado, por que se os alinhamentos fossem feitos corretamente pela defesa, Mariota poderia mudar para corrida (dos RBs ou dele mesmo) e ganhar um monte de jardas correndo contra um box enfraquecido.

A execução de todos os atletas é precisa, principalmente do Wright e Mariota que lêem perfeitamente o LB.

Espero que continuemos jogando rapidamente e com inteligência.

Go Titans!

3 comentários:

Diego Scorvo disse...

Whiz é péssimo administrando o jogo corrido, porém ele se sai muito bem quando o assunto é bons QBs. Ele sabia que precisava de um cara talentoso para tocar o seu ataque e por isso não deixou o Mariota escapar.

Welmer disse...

É impressionante a precisão e o quick release do Mariota, o cara tem talento! Essa jogada foi muito bem pensada e muito bem executada. Essa dupla Mariota-Wright acho que pode dar muito certo.

Titans começou muito bem essa temporada, espero que no próximo domingo possamos ver mais desse ataque inteligente e veloz que o time apresentou no jogo de estreia.

#GoTitans!

REI disse...

Li muitos comentários sobre esta jogada, dizendo que ela foi tão bem feita que alguns só perceberam que foi um passe quando Wright já tinha batido o primeiro Safety na corrida. O que mais me impressionou neste lance foi a velocidade e precisão do passe de Mariota. Rumo ao SB!!! Hehehehe