quinta-feira, 30 de julho de 2015

Marcus Mariota é o Salvador?

O training camp (época mais animada para os escritores sobre times de NFL) se inicia dia 30 de Julho, jogadores entram em campo dia 31 (sexta). Serão 9 treinamentos abertos e a primeira pergunta a fazer é essa: "Mariota tem condições de nos levar à terra prometida?"
Antes da escolha eu estava meio cético, mas depois que fizemos a escolha, o torcedor assume, e você torce, e MUITO, para que a escolha seja a correta, por que já sofremos com Vince Young e Jake Locker, são 10 anos sofrendo ... nenhum torcedor merece isso.
A ideia desse post é trazer meus motivos de preocupação e de crença em que tudo pode dar certo a partir do que eu vi e li com respeito ao garoto.

Por que acho que pode funcionar?
1º - A impressa de Nashville (Jim Watt, Paul Kuhasky, Devid Climer e Sharona) foram unânimes em dizer que dos quatro QBs em campo no Minicamps, Mariota era o melhor, e não por uma margem pequena;
2º - O que os técnicos têm comentado do seu excelente trabalho no dia a dia;
3º - Os atletas afirmando em entrevistas que o garoto é bom, de fato;
4º - O Titans ser segundo time em quantidade de jogadas iniciadas em Shotgun e utilizando Spread Offense em 2014 (sistema que Mariota é realmente acostumado);
5º - Seus antigos companheiros de time dizendo sobre sua capacidade de liderança;
6º - Os Highlights ... você acha uma boa vídeos como este (abaixo) na Internet, e tem um monte de boas jogadas deste garoto. Escolhi este por que tem quase tudo de bom, como ele fica no pocket, como ele sai do pocket, como ele consegue varrer o campo procurando um recebedor livre, o bom braço e um monte de coisas boas ...


Depois de assistir ao vídeo não é de se pensar que este garoto é uma excelente escolha? Claro que é. Mas, então, por que eu não acreditava em Marcus Mariota?
1º - As jogadas em Oregon eram "chamadas" da lateral pelos técnicos utilizando diversos sinais. Não existia huddle (reunião dos jogadores para combinar as jogadas), então ele terá que se acostumar com o huddle, que é uma pequena selva!
2º - O Sistema de Oregon é Spread, isso significa que ele fica por muito tempo jogando a partir do Shotgun (7 jardas atrás do Center), na NFL ele terá que executar algumas jogadas a partir do centro, é outro mundo, por que existe a leitura no pré snap, que ele estava acostumado em Oregon, e existe a leitura no drop, o que ocorre na NFL é que as defesas te dão uma visão no pré snap, mas quando o snap ocorre, as defesas mudam o comportamento. Se o QB está no Shotgun, ele tem que olhar a bola e só verá a mudança da defesa quando a bola chegar na mão dele (isso é a morte contra os JJ Watt da vida), jogando a partir do centro, o QB pode ver a mudança no momento do drop e tem que ajustar as progressões (ordem de prioridade de lançamento) enquanto se dirige para o local de lançamento. Não é uma transição fácil. Não mesmo!
3º - Oregon rodava o ataque por pacotes para facilitar o ataque hurry up (sem huddle gastando no máximo 25 segundos entre uma jogada e outra): veja o exemplo abaixo:


Existem jogos nos quais Oregon cruza todo o campo com uma única formação variando as jogadas a partir da mesma, isso minimiza a quantidade de leituras pelo QB, a quantidade de erros e é praticamente impossível de se fazer na NFL, por que as defesas se ajustam muito rapidamente.
4º - Jogadas como as apresentadas abaixo não podem partir de um QB top da NFL ...


Sim, estas ocorrem com qualquer QB na NFL, mas um dos primeiros lances que vi de Mariota foi a perda de um TE livre na secundária, confesso que isso me assustou ...

A verdade é que existem muito mais prós do que contras quando assistimos vídeos, lemos e ouvimos tudo que é publicado sobre Mariota, e por isso eu mudei de opinião nesses três meses nos quais tenho acompanhado o garoto (meus amigos Richard David e Arthur Barcelos devem estar gargalhando ao ler isso ... forte abraço). Haverá sofrimento na aprendizagem? Sim, mas ele pode ser excelente se conseguir fazer a transição rapidamente.

Marcus Mariota é o Salvador? Ele pode nos levar a "Terra prometida"? 
Sim. Mas, na minha opinião, se ele for realmente bom e conseguir ganhar 8 jogos este ano, já ficarei bem Feliz. E vão ter que dar um time a ele, um bom jogo corrido e uma defesa sólida ... OREMOS!

Deixe sua opinião!

Go Titans!

5 comentários:

Diego Scorvo disse...

Ele é bom, muito bom. Vi todo o jogo contra Ohio State mais uma vez, e apesar de toda a diferença física e técnica das equipes, o MM8 conseguiu jogar bem. Errou dois passes bobos, mas não cometeu nenhum turnover durante toda a partida (a INT dele foi no último lance).

Assim como você não o queria no Titans, mas com a proximidade do draft vi que não só o Chip Kelly, como que vários HC consagrados viam no MM8 um grande QB. Tony Dungy chegou a compará-lo ao Aaron Rodgers.

Titans pagou muito para o Whiz por conta de sua capacidade em lidar com QBs. É obrigação dele transformar o MM8 em um franchise QB e eu acho que ele vai conseguir.

Rodolfo Barreto disse...

Mesmo sendo Texans torço pra que o moleque dê certo. É bom pra liga e principalmente para a divisão. Quando a disputa é grande isso obriga os outros a se reforçarem. O desafio mesmo que eu vejo é o Titans dar um time razoavelmente bom para o garoto liderar em busca dessas 8 vitórias. Só saberemos durante a temporada, mas uma coisa é certa: JJ está esperando ansiosamente para dar a ele um grande "abraço" de boas vindas!

Professor Marcelo Arantes disse...

Texano na área kkkkkkkkkkkkk. Seja Bem vindo.

JJ Watt não vai nem chegar perto do MM8 ... Sai prá lá Rodolfo ... vc sai de two points Stance, não tem direito de falar! auahuahuahauh!
Abração, Gordo.

PS.: 15-11 para o Titans no confronto direto entre as franquias, então, mesmo que percamos os dois jogos este ano (o que não vai acontecer) vcs ainda serão nossos fregueses auhauahuha!

Rodolfo Barreto disse...

Parafraseando uma amigo conhecido por "Sombra": Realmeeeeeente! 2 points Stance me ferra! Mas meu Coach é meio doido e me põe pra jogar mesmo assim, tenho que aproveitar né! Essa freguesia aí está com os dias contados! Não terei que esperar mais de 3 anos

REI disse...

Sempre fui all in no Mariota, apesar de achar que Mettemberger poderia ser uma boa opção. Quanto ao JJWatt, o Lewan disse que a nossa OL vai jogar um pouco mais sujo este ano. Acho que nosso Big Country segunda versão, vai das no joelho do Watt e acabar com a festa.