quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Coordenador Defensivo, Defesa 3-4 e necessidades ...

Então, como foi declarado ontem, Ken Whisenhunt irá chamar as jogadas ofensivas e todas as entrevistas, matérias e relatos (bons ou ruins), me mostram que ele põe a mão no ataque, ou seja, o Coordenador Ofensivo (OC), será um colaborador, mas o ataque é do Whiz. Isto nos faz pensar na importância que o Coordenador Defensivo (DC) terá no time, visto que ele comandará uma parte importante do time, mesmo sendo um cara de ataque as declarações de Whisenhunt mostram que ele dará o norte para que o DC possa trabalhar, este norte é bem definido e é algo parecido com o esquema dos Steelers implementado pelo lendário Dick LeBeau. Para implantar o sistema os rumores são de que ele tente trazer Ray Horton (DC dos Browns - que concedeu permissão para entrevistas de mesmo cargo) e Keith Butler (técnico de LBs dos Steelers desde 2003). É lógico que eu gostaria de Horton no time, ele é um bom coordenador e trabalhou bem com Whisenhunt em seus anos como DC em Arizona.

Muito do que eu vou comentar aqui tem a ver com a parte técnica, vou tentar não encher muito o saco, mostrando as diversas frentes, vou simplificar bem, na verdade, mas aqui (http://www.draftbrowns.com/2013/05/an-in-depth-look-inside-ray-hortons-defense/) tem um relato completo da minha simplificação sobre o esquema 3-4 rodado em Arizona. Em linhas gerais o esquema é hibrido, ou seja, é 3-4 (3 DLs e 4 LBs) contra times que tendem a correr e/ou em descidas claras de corrida, 4-4 (4 DLs e 4 LBs) quando o time possui pacotes jumbo muito pesados, eles utilizavam estes pacote exclusivamente contra os 49's, 2-4 (2 DLsque na minha opinião é mais parecido com o pacote Nickel que utilizamos atualmente) contra times que passam, em terceiras decidas para mais de 4 jardas ou contra formação 11 (1 RB e 1 TE); Horton ainda utilizava um pacote 2-3 (2 DLs e 3 LBs - Similar aos nossos atuais Dime e Ruby) contra 4 ou 5 recebedores. As blitzes e eles utilizavam muitas, vinham a partir destas formações e suas variações.

Abaixo apresento um esboço dos 4 esquemas em questão ... (não reparem, fui eu que fiz ... eheheheh).



A pergunta que não quer calar é, quão distantes estamos de implementar estes esquemas com o pessoal que temos agora. Brinquei um pouco com as opções ok ... vamos lá:

3-4 - Eu colocaria o Sammie Lee Hill (que pesa 328 libras, 149 quilos) como NT, Jurrell Casey e Mike Martin de DE (vale dizer que temos ainda Karl Klug que se encaixa bem como DE neste esquema e eu renovaria com o Pitoitua, que jogava como DE em um esquema parecido nos Chiefs. Draftaria outro NT no quarto ou quinto round. Quanto aos LBs: OLBs - Morgan e/ou Ayers de um lado, uma escolha de primeiro round (tipo Anthony Barr [Sonho] ou Khalil Mack) ou  um cara tipo o  Orakpo, que já obteve sucesso jogando na posição do outro lado. Como ILB eu colocaria Brown e McCarthy (que eu acho melhor que Fokou). Se conseguíssemos pegar o Orakpo, ou alguém no mercado, poderíamos trazer CJ Mosley (ILB de Alabama) como primeira escolha do draft, junto com Brown seria um excelente duo. Evidentemente, Wimbley, prá mim, já era.

2-4 - Jurrell Casey e Hill (ou Martin) seriam os DLs, os LBs seriam os supra citados. Com Morgan de um lado e Ayers (ou o novo pass rusher) do outro, seria exatamente o pacote Nickel que temos hoje.

4-4 - Tiraria o Pollard de campo e deixaria o fundo do campo em cover 3, ou seja apenas os dois CBs e o Griffin marcando a distância, no fundo do campo. A frente teria, Klug, Casey, Hill, Martin, LBs: Morgan, Ayers, McCarthy e Brown.

2-3 - Igual a 2-4 menos McCarthy.

O segredo para rodar este sistema são os LBs. Eles tem que ser de altíssimo nível. Eu acho que temos LBs capazes, não todos, mas temos alguns. O grande problema deste ano, em termos de LBs foi o técnico, de qualquer forma, na minha opinião, se conseguirmos manter Bernard Pollard e Auterraum Verner, estaremos a um Pass Rusher e um MLB de termos uma boa defesa.

Eu gostaria de ver Ray Horton com este pessoal, acho que essa defesa seria pauleira, e ver o Casey trabalhando praticamente no mano a mano a cada jogada ... nem gosto de pensar!

O que vcs acham? ... estou começando a me animar novamente!

Go Titans!

10 comentários:

Diego Scorvo disse...

Sua analise foi excepcional, sempre achei que com os jogadores que temos, o 3-4 se encaixaria melhor.

Se conseguirmos um bom coordenador, acredito que nossa defesa explodirá em 2014. Temos tudo para conseguir um grande defensor no draft.

Na minha opinião, temos que ir de DEFESA na primeira rodada.

E na segunda, o que você acham?

Penso que um OT seria perfeito. Já na 3ª rodada precisa vir o substituto do CJ1K

Professor Marcelo Arantes disse...

Eu acho o mesmo que você Diego, entretanto não teremos escolha de terceiro round este anos, entregamos para subir e pegar o Justin Hunter.

Diego Scorvo disse...

Bem lembrado. Isso afeta os meus planos, uma vez que um RB no 3 round seria o ideal, porém tem muita coisa para acontecer até lá.

Tô achando que Barr ou Mack vão sobrar e não seria nada inteligente deixar um dos dois passar.

REI disse...

Ray Horton é o novo coordenador defensivo. Se era coaching que faltava neste time, a princípio não faltará mais.
Só espero que renovem com o ATV porque ir atras de um CB não é o que precisamos fazer vide as outras necessidades que temos na defesa, especialmente em DE/LB.

Quanto a seleção de primeira rodada eu continuo achando que devemos pegar QB na primeira rodada. Não confio no Locker. É pessoal, apesar de saber que a defesa precisa de jogadores de impacto imediato.

Diego Scorvo disse...

Deixar de pegar um pass rusher pra selecionar um QB será um tiro na cabeça!

Principalmente com Barr ou Mack disponíveis e todos os bons QB já selecionados.

Precisamos esperar o free agency. Falar de draft agora é puro exercício de futurologia!

REI disse...

Diego,

Só estou sendo passional.

A razão diz pra ir na defesa!!!!

Professor Marcelo Arantes disse...

Eu gosto do Locker, acho que tem dado azar, se conseguir terminar a temporada sem se machucar, temos boas chances de implacar ... acho que ele ganharia, no mínimo mais dois jogos este ano, se estivesse saudável, e estaríamos nos playoffs ... Whisenhunt não descartou a hipótese de pegarmos um QB, mas acho a necessidade de upgrade no corpo de LBs mais urgente. Vamos ver como rola saparadae!
Go Titans.

Anônimo disse...

A leitura tática foi excelente, porém um ponto crucial foi esquecido ao meu ver,Griffin marcando a distância, no fundo do campo!!! Sério isso?!?! Ele só terminou a temporada um pouco melhor depois que passou a ter ajuda ele sozinho hoje é pedir pra sofrer.....

Eu sei que a DL não pressiona ok porém depender do nosso S hoje é muito complicado....

O mais importante hoje é melhorar a defesa pegar o melhor jogador disponível no draft e buscar opções no free agency gastar mais e melhor

Go Titans!

Diego Freitas

Professor Marcelo Arantes disse...

Então Diego, eu discordo de vc nessa. A defesa jogou, em sua secundária basicamente de 4 formas: Cover 2 com os CBs marcando homem a homem, cover 2 com os CBs no fundo, homem a homem e cover 3. Nas duas primeiras, normalmente em situações óbvias de passe os Safeties dividiam o campo ... sem grandes problemas. Nas outras duas, normalmente em situações óbvias de corrida ou quando mandávamos mais de 5 em blitzes, o Pollard era colocado no Box (como um LB) e o fundo ficava com todo com o Griffin. Em 2012, Griffin vinha para o box e isto causou a péssima temporada dele, vindo do fundo ele é bem melhor, e se você observar, não houveram muitas big plays pelo meio, o que aconteceu, e muito, em 2012. Pollard, em 2013, ficou livre para jogar onde ele é melhor, no box, os dois melhoraram em relação ao ano passado, um ajudou o outro.

Agora, Griffin deve receber 6 milhões este ano e a pergunta é: ele merece essa grana?

Anônimo disse...

A questao pra mim é Griffin é fraco em qualquer situação simples assim tá muito longe de ser um top 10 pagar 6 milhões pra ele é piada sem graça...... Pollard é um montro peca por faltas mas o cara tava acostumado a ser comandado por ray Lewis trabalhar com o Griffin sem sangue do lado é bem diferente

Go Titans!
Diego Freitas