segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Jogamos como nunca, perdemos como sempre


Lá se foi mais um domingo e novamente o Titans saiu de campo com uma derrota. Dessa vez a equipe caiu diante do Arizona Cardinals, time que briga por uma vaga nos playoffs. O jogo começou bastante equilibrado, porém a saga de ir muito mal no segundo tempo voltou a assolar o time.

No último quarto, graças a mais uma INT de Fitzpatrick, o Arizona abriu 17 pontos, vantagem que parecia ser irreversível, porém não foi. Graças a bons passes do nosso inconsistente QB e de grandes jogadas dos nossos WR, voltamos ao jogo. Mas vencer não faz parte do nosso vocabulário. Entregamos a bola quando não devíamos e game over.

Não adianta falar que o time não tem head coah, que o special team é uma vergonha, que o  coordenador ofensivo está perdido. Isso todos já sabem. O que me salta aos olhos é a recente dificuldade da linha defensiva em parar o jogo terrestre do adversário. Nossos DT são feitos de papel. Nos últimos anos contratamos caras gordos, caras ágeis, caras novos, mas não adianta. Acho que o problema ali é falta de técnica.

O novo Manda-Chuva do time, Tommy Smith, falou com a imprensa e garantiu Ruston Webster no comando da equipe. Já Munchak precisará suar pelo seu emprego.

5 comentários:

Professor Marcelo Arantes disse...

Eu não aguento mais Mike Munchak! Prá mim ele já deveria ter saído, esse time é uma bagunça. Acho o trabalho do Webster bom, ele faz o que os técnicos pedem: o DC pediu um front seven maior, ele trouxe Hill, Antonio Jonhson, Fokou, os OLBs (os dois com mais de 240 libras), mesmo assim não conseguimos parar o jogo corrido, embora Casey seja bom, os caras dobram nele e não tem mais ninguém prá brigar. Munchak pediu melhorias na OL e Webster trouxe todos os jogadores que eles pediram, mesmo assim, somos incapazes de correr com a bola ... isso é mão do técnico! FORA MUNCHAK!!!

Diego Scorvo disse...

Ele é muito fraco mesmo. Ontem não entendi o porquê de não tentarmos a conversão de dois pontos.

Na jogada da INT, por que não correr com a bola? Por que nosso time coloca a bola na mão de QB louco 36 vezes?

Acho que o Munchak não fica em hipótese alguma, porém ele só sairá no final da temporada. Até lá é torcer para o time perder mais dois jogos.

Diego Scorvo disse...

Ele é muito fraco mesmo. Ontem não entendi o porquê de não tentarmos a conversão de dois pontos.

Na jogada da INT, por que não correr com a bola? Por que nosso time coloca a bola na mão de QB louco 36 vezes?

Acho que o Munchak não fica em hipótese alguma, porém ele só sairá no final da temporada. Até lá é torcer para o time perder mais dois jogos.

REI disse...

Que venha um técnico no e um Qb novo. De que adianta ter um QB de muletas na lateral do campo e um maluco atirando bola pra todo lado em campo?
O que eu nao me conformo é com a passividade de Munchak na lateral. Até mesmo quando as zebras nos roubam na cara dura ( vide jogos contra Texans, Colts e Broncos) ele fica com aquela cara de bunda e não faz nada.
Quanto a defesa, o jogo corrida adversário passa com se fosse uma peneira.

REI disse...

Na primeira frase quiz dizer:
"Que venha um técnico novo e um Qb novo".